Petra: Onde fica, o que fazer e tudo sobre o incrível destino!

Avalie

No artigo de hoje, iremos conhecer um incrível destino, descubra tudo o que você precisa saber sobre a maravilhosa Petra.

No coração do deserto jordaniano, onde o vento sussurra segredos antigos e as rochas testemunham eras de história, surge um espetáculo arquitetônico que transcende o tempo: Petra. Essa cidade rosa, esculpida nas entranhas das montanhas pelo engenho meticuloso de uma civilização perdida, ergue-se como uma testemunha silenciosa de grandiosidade e mistério.

Petra, a “Cidade Rosa”, não é apenas uma maravilha arqueológica; é um portal para o passado, onde as rochas contam histórias esquecidas e as fachadas adornadas de templos e tumbas revelam a destreza artística de uma cultura há muito desaparecida. À medida que os raios do sol dançam sobre as formações rochosas, Petra revela seus segredos com uma elegância única, oferecendo uma visão fascinante da riqueza histórica e cultural que definiu essa cidade perdida.

Informações importantes

Viajar para destinos enigmáticos como Petra, na Jordânia, é uma jornada que promete aventuras e descobertas únicas. Entretanto, para garantir uma experiência sem contratempos, é crucial estar devidamente preparado. Aqui estão algumas informações cruciais que você deve ter em mente antes de embarcar nessa incrível jornada.

Petra
Petra Foto: Pinterest

Moeda e Câmbio:

A moeda oficial da Jordânia é o dinar jordano (JD). Ao chegar, você encontrará casas de câmbio nos principais hotéis e bancos para realizar suas trocas. Evite cambistas de rua para garantir transações seguras e justas.

Necessidade de Visto:

Para brasileiros que desejam explorar Petra, é imprescindível obter um visto de entrada. Este documento pode ser adquirido no Consulado Honorário da Jordânia em São Paulo ou no aeroporto de Amã, mediante o pagamento de uma taxa de aproximadamente US$ 30. Certifique-se de que seu passaporte tenha validade mínima de 6 meses.

Idioma:

O idioma oficial é o árabe, mas em Petra, você encontrará jordanianos fluentes em inglês, e até mesmo espanhol, francês ou italiano. Isso facilitará a comunicação e proporcionará uma experiência mais rica.

Melhor Época para Visitar:

Para aproveitar ao máximo sua visita a Petra, escolha viajar durante a primavera (março a setembro) ou outono (setembro a novembro). Nessas épocas, as temperaturas são amenas, proporcionando condições ideais para explorar os tesouros dessa cidade histórica durante as manhãs e tardes.

Roupas Adequadas:

Devido às caminhadas extensas e ao sol intenso, opte por roupas leves e sapatos confortáveis, como tênis. Essa escolha garantirá conforto e praticidade durante seus passeios pela incrível Petra.

Pequena Petra

Enquanto Petra ostenta sua grandiosidade, há um segredo guardado nas entranhas das montanhas da região da Badia: a Pequena Petra. Esta jóia arqueológica é uma versão em miniatura das famosas ruínas da Jordânia, revelando-se como um tesouro escondido aguardando ser descoberto.

Entre caminhos estreitos, escadinhas e túmulos notavelmente preservados, a Pequena Petra oferece uma visão íntima da habilidade arquitetônica de uma civilização antiga. Destaca-se uma intrigante “sala de jantar”, presumivelmente construída no século I, que adiciona uma camada adicional de mistério a esse enclave histórico.

As ruínas da Pequena Petra acolhem visitantes diariamente das 8h às 16h, proporcionando a oportunidade de explorar cada detalhe dessas relíquias do passado. Envolta pela atmosfera mágica da Badia, a Pequena Petra promete transportar os aventureiros para uma jornada única através dos séculos. Prepare-se para desvendar os encantos dessa pérola arqueológica, onde a história fala em sussurros entre os corredores de uma miniatura mágica de Petra.

Veja Também: Onde passar a lua de mel?

Siq

Na jornada por Petra, um atrativo se destaca não apenas pela sua simplicidade, mas pela magnitude que inspira: o Siq. Este desfiladeiro, com pouco mais de 1 km de extensão, é um corredor espetacular, cercado por paredões imponentes que se elevam a mais de 80 metros de altura.

Veja Petra
Veja Petra Foto: Pinterest

O Siq não é apenas um caminho; é uma experiência sensorial que prepara os visitantes para o esplendor que os aguarda. Ao percorrer esse desfiladeiro impressionante, os exploradores serão conduzidos em direção ao coração de Petra, culminando em uma visão majestosa: El Khazneh, o monumento icônico que saúda aqueles que ousam trilhar esse magnífico caminho.

Este espetáculo natural, esculpido pela passagem do tempo, é mais do que uma entrada para Petra; é um portal para a grandiosidade histórica e arquitetônica que aguarda ser descoberta. Ao cruzar o Siq, os viajantes não apenas testemunham a beleza da natureza, mas também se preparam para o encontro memorável com uma das maravilhas arqueológicas mais impressionantes do mundo antigo. Prepare-se para ser envolvido pela imponência do Siq e pela promessa de descobertas incríveis além de seus imponentes paredões.

El Khazneh: o Tesouro

Adentrando o coração de Petra, somos recebidos pelo ponto turístico mais emblemático: El Khazneh, o Tesouro. Esta majestosa escultura, erguendo-se a mais de 40 metros de altura, é um testemunho impressionante da maestria arquitetônica de uma civilização há muito perdida.

Os detalhes meticulosos esculpidos nesta maravilha arqueológica continuam a desafiar o tempo, proporcionando uma visão única de uma era ancestral. El Khazneh é mais do que uma estrutura; é uma obra-prima, uma expressão tangível do esplendor que Petra abriga.

As portas deste tesouro estão abertas para visitação de segunda a sábado, das 6h às 17h, e aos domingos das 9h às 17h. Este horário oferece aos exploradores a oportunidade de testemunhar a grandiosidade do El Khazneh em diferentes nuances de luz, adicionando uma camada extra de encanto a essa joia arqueológica.

Prepare-se para ser cativado pela imponência do Tesouro de Petra, um monumento que transcende o tempo e convida os visitantes a se perderem na magnitude de sua beleza preservada.

Veja Também: Conheça os fusos horários dos principais destinos do mundo!

Passeio Petra a noite

Imagine explorar Petra à luz das velas, quando as majestosas ruínas são delicadamente iluminadas, proporcionando uma atmosfera mágica. Uma experiência única que transforma essa maravilha arqueológica em um cenário de encantamento noturno.

Às segundas, quartas e quintas, das 20h30 às 22h30, os visitantes têm a oportunidade de percorrer os terrenos irregulares de Petra, acompanhados por uma trilha de velas que ilumina o caminho. Enquanto caminham, os exploradores são envolvidos por belíssimas músicas instrumentais, adicionando uma trilha sonora celestial à sua jornada.

A experiência culmina com a chance de sentar-se no chão, apreciando o luar jordano e desfrutando de um reconfortante chá. Por um custo de 17 JD, esse passeio noturno oferece uma perspectiva única de Petra, revelando seus encantos sob um novo e fascinante ponto de vista.

Inclua o passeio em sua programação, pois essa experiência extraordinária promete deixar uma marca duradoura em sua memória de viagem. Prepare-se para ser transportado para uma Petra sob o véu noturno, onde a história se entrelaça com a magia do presente.

Urn Tomb

Datada de aproximadamente 70 d.C., a Urn Tomb ergue-se majestosamente em uma colina, próxima a um encantador pátio. Este túmulo não é apenas uma estrutura antiga; é um portal para o passado funerário de Petra, convidando os visitantes a explorar suas câmaras e a sentir a solenidade que permeia seu interior.

Ao adentrar a câmara funerária principal, um silêncio reverente envolve os exploradores, transportando-os para uma era em que a construção desses monumentos era uma expressão única de respeito aos entes queridos. A Urn Tomb não é apenas um marco histórico; é uma narrativa esculpida em pedra sobre a importância do ritual funerário em Petra.

Para os curiosos em busca de uma compreensão mais profunda da história local, várias empresas oferecem tours guiados, proporcionando uma oportunidade única de desvendar os segredos não apenas da Urn Tomb, mas de toda a região de Petra. Considerar a opção de um pacote turístico é uma excelente ideia para explorar esses tesouros arqueológicos sob a orientação especializada, transformando sua visita em uma verdadeira jornada pelo tempo.

Curiosidades

Conheça Petra
Conheça Petra Foto: Pinterest

Ao explorar Petra, um verdadeiro museu a céu aberto, descobrimos um passado tão rico quanto intrigante, repleto de curiosidades que enriquecem ainda mais a experiência de viajar.

  • Significado do Nome: Após ser influenciada por povos grego-romanos, a região adotou esculturas em pedra e recebeu o nome de Petra, que significa “rocha” em grego. Uma homenagem à imponência das formações rochosas que definem esse local único.
  • Construção da Cidade: Petra foi erigida por volta do século VI a.C. pelos Nabateus, um povo árabe nômade que se estabeleceu na região. Sua arquitetura sofisticada e a capacidade de esculpir monumentos nas rochas são testemunhos do engenho e da cultura dessa civilização.
  • Descoberta por Burckhardt: Em 1812, o explorador suíço Johann Ludwig Burckhardt revelou ao mundo as incríveis ruínas de Petra. Sua descoberta trouxe à luz uma cidade perdida há séculos, encerrada entre as formações rochosas do deserto.
  • Cenário Cinematográfico: As imponentes relíquias históricas de Petra foram escolhidas como cenário para parte das filmagens do icônico “Indiana Jones e a Última Cruzada”. O local emprestou sua grandiosidade para a narrativa cinematográfica, adicionando um toque de misticismo às cenas.

Essas curiosidades proporcionam uma perspectiva fascinante sobre Petra, uma cidade que transcende o tempo e continua a surpreender visitantes com suas histórias esculpidas em pedra e sua aura de mistério. Prepare-se para uma jornada única pelas maravilhas históricas dessa joia arqueológica.

E aí, o que achou de conhecer esse incrível destino localizado em Petra? Se o artigo foi útil para você, me conte nos comentários qual foi sua parte preferida, e se pretende conhecer em algum momento.

Não esqueça de acompanhar o Agora Viagem, para não ficar por fora de nenhuma novidade.

Perguntas Frequentes

Qual é o significado do nome “Petra” e por que foi escolhido?

O nome “Petra” tem origem grega e significa “rocha”. Após a influência grego-romana na região, a cidade adotou esse nome em homenagem à imponência das esculturas em pedra que a caracterizam.

Quem foi responsável pela construção de Petra e em que período isso ocorreu?

Petra foi construída pelos Nabateus, povos árabes nômades, por volta do século VI a.C. Essa civilização deixou um legado arquitetônico sofisticado, destacado pela habilidade de esculpir monumentos diretamente nas rochas.

Como Petra foi descoberta pelo mundo ocidental?

   As ruínas de Petra foram descobertas pelo explorador suíço Johann Ludwig Burckhardt em 1812. Até então, a cidade havia permanecido escondida e esquecida por séculos, revelando-se como uma impressionante joia arqueológica com sua revelação ao mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *