O que fazer em Valinhos? 5 atrações do agroturismo na cidade!

Avalie

Pensando sobre o que fazer em Valinhos? Deseja realizar um passeio pela cidade e ainda não sabe o que irá encontrar? Neste artigo vamos te contar tudo que Valinhos reserva para você!

Certamente você já ouviu falar do Circuito das frutas e desejou conhecer, a boa noticia é que Valinho faz parte do Circuito e você poderá apreciar a diversa gama de frutas que são produzidas na cidade.

No artigo de hoje, vamos te apresentar a cidade de Valinhos, localizada em meio a Região Metropolitana de Campinas, bem como todas as principais atrações que aguardam a sua visita. Continue a leitura do artigo e descubra tudo que Valinhos tem para oferecer!

Sobre a cidade

Localizado no estado de São Paulo, Valinhos compreende a região Metropolitana de Campinas. Atualmente, segundo dados estimados, a cidade de Valinhos possui pouco mais de 130 mil habitantes e sua área territorial corresponde a 148,538 km². A cidade é reconhecida por ser capital do Figo Roxo e é uma das grandes produtoras de Goiaba no país.

O que fazer em Valinhos? A cidade contém muitas atrações do agroturismo!
O que fazer em Valinhos? A cidade contém muitas atrações do agroturismo! Foto: Reprodução

Valinhos é considerada a melhor cidade no que condiz a estatísticas sobre indicadores sociais, apresenta ótimos índices referente a qualidade de vida, educação, saúde, habitação, responsabilidade social, atenção ao jovem e desenvolvimento humano.

Portanto, a cidade é muito buscada por quem busca um lugar seguro, com uma ótima qualidade de vida e focada a assuntos relacionados a educação e desenvolvimento. Acerca disso, a cidade é um dos grandes polos universitários do país no qual contribui muito para o reconhecimento.

Turismo em Valinhos

A cidade atribui muita história e cultura que já começam desde a década de 20, quando o turismo na cidade começou e se tornou muito famoso, muito se atribuiu pela descoberta de Orozimbo Maia, prefeito de Campinas em 1920, no qual comprovou as propriedades curativas das águas na fonte presente da propriedade para problemas relacionados a rins, bexiga e demais órgãos.

A cidade sempre lançou medidas que visavam promover o turismo, no ano de 1966, o Instituto Brasileiro de Turismo, determinou que Valinhos era uma cidade com grandes expectativas para o desenvolvimento do turismo, no qual recebeu o Selo de Cidade com Potencial Turístico.

Atualmente o turismo da cidade gira em torno do agroturismo, no qual oferece mais de 400 chácaras produtoras de uma diversidade imensa de frutas, nas quais são conhecidas por pertencerem ao Circuito das Frutas, que adentra as cidades de Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Jundiai, Louveira, Morungaba, Valinhos e Vinhedos.

Como chegar em Valinhos

Se você deseja passar um final de semana em Valinhos ou passar suas férias em meio ao turismo rural que a cidade proporciona, saiba que há 4 rotas para quem deseja partir da capital paulista até Valinhos.

Imagem 2 pistas de asfalto e árvores ao fundo com a principal rota utilizada para quem visita a cidade
Valinhos é cidade vizinha de Campinas, principal rota utilizada para quem visita a cidade. Foto: Reprodução

Para quem deseja ir de Carro ou ônibus

Para quem sair de São Paulo, poderá optar pela rota de melhor acesso para a sua localidade, os trajetos são pelas seguintes Rodovias: Rodovia José Roberto Magalhães; Rodovia Francisco Von Zuben; Rodovia dos Bandeirantes; BR-050.

Através do percurso por meios dessas rodovias você terá acesso direto até Valinhos e poderá desfrutar de tudo que a cidade oferece.

Para quem deseja ir de Avião

Para quem mora nas regiões Sul e Norte, ou localidades mais distantes do Nordeste, talvez a opção mais interessante seja realizar a viagem através de um avião, visto que tornaria a viagem mais rápida, eficiente e menos cansativa.

Para isso, basta se dirigir até o aeroporto mais próximo a você e pegar um voo com destino ao aeroporto de Viracopos em Campinas, a partir do ponto de chegada, serão somente 10 quilômetros até a cidade de Valinhos, no que propicia o aluguel de um carro ou a utilização de um transporte público para se locomover até o local.

Por que viajar para Valinhos?

Como já evidenciado acima, a cidade oferece um ótimo agroturismo, no qual propiciará ao visitante que o mesmo conheça parte da sua cultura e suas belas chácaras que produzem uma vasta gama de frutas.

Além disso, Valinhos é um ótimo local para quem busca paz e tranquilidade em meio a natureza, boa parte de suas atrações são em meio a vegetação local e recebem muitos turistas todos os dias.

Imagem de um letreiro escrito Valinhos Capital do Figo Roxo
Cartão Postal de Valinhos. Foto: Reprodução

A seguir irei falar um pouco sobre o que Valinhos tem para oferecer para quem deseja visitar a Capital do Figo Roxo e quais são suas principais atrações. Continue a leitura e acompanhe!

Onde se hospedar em Valinhos?

Antes de falar sobre as atrações da cidade, o ponto primordial que deve ser objeto de primeira análise antes de começar a montar o roteiro sobre o que fazer em Valinhos, é em relação sobre onde manter a sua estadia na sua passagem pela cidade.

Confira algumas opções de lugares para você realizar sua hospedagem e aproveitar da melhor forma a sua passagem por Valinhos, acompanhe abaixo:

Blue Tree Towers Valinhos

Uma ótima opção para quem busca opções de estadia na cidade é no Blue Tree Towers Valinhos. Este hotel apresenta a junção de um lugar aconchegante e moderno a um ótimo preço.

O local oferece tudo que seus hospedes necessitam, com serviços que abrangem desde o Wi-Fi gratuito e envolvem serviços que garantem toda o conforto até a conveniência de seus clientes.

Além disso, o Blue Tree Towers Valinhos pode ser uma boa opção por se localizar próximo a alguns pontos turísticos da cidade, como a Igreja Matriz São Sebastião a 2 km, e o Sítio Kusakariba a 3.7 km. Tornando assim sua viagem mais produtiva e com mais praticidade para chegar nas atrações que almeja.

Pousada Assahi

Outra ótima opção para você se hospedar em Valinhos é na pousada Assahi, na qual a mesma dispõe de muitos serviços, como rede de Wi-Fi gratuita, estacionamento além de possuir uma bela piscina ao ar livre.

Outro ponto importante a mencionar e que pode vir a ser muito benéfico a quem deseja se hospedar na Pousada Assahi, é pelo fato de sua localização estar bem próxima a algumas atrações da cidade.

A Pousada fica a 3 km da Adega Família Baccetti, 5 km do Mosteiro Benedito de São Bento, 7.5 km do Cristo Redentor e 9.6 km do parque aquático Wet’n Wild.

A diversas opções de restaurantes próximos também, o Cibi Sana fica a 3 km, Osteria Limoncella a 4 km, Cardeais Gastronomia a 3.5 km e o WO Pizza Bar a 4.8 km.

Cassino Tower Hotel Campinas

Para quem deseja fica em um lugar mais “luxuoso”, o Cassino Tower Hotel, fica localizado em Campinas, um pouco distante da cidade de Valinhos, mas fica em meio a muitas atrações próximas a cidades vizinhas, como o Hopi Hari por exemplo.

O Cassino Tower Hotel Campinas pode ser de muita utilidade para quem quer conhecer as cidades próximas Valinhos também, visto que o mesmo fica em meio a diversas cidades próximas com muitas atrações.

O hotel conta com diversos serviços, assim como nos outros, ele atribui rede de Wi-Fi gratuita, piscina, café da manha de cortesia e muito mais!

Com certeza se você busca o que fazer em Valinhos, o Cassino Tower Hotel Campinas é uma ótima opção para você manter sua estadia e proporcionar ainda mais diversão e relaxamento para você que deseja aproveitar seu período de férias ou final de semana.

Afinal o que fazer em Valinhos? Conheça suas atrações!

Após conhecer um pouco da história da cidade e algumas dicas sobre onde se hospedar, abaixo vamos finalmente mencionar alguns lugares que merecem a sua visita e não podem ficar fora do seu roteiro sobre o que fazer em Valinhos. Confira o que a cidade reserva para você!

1 – Cachoeiras

´Para quem busca um lugar para relaxar e obter paz em meio a natureza, a cidade de Valinhos possui diversas cachoeiras e muitos locais afirmam que as águas da região possuem propriedades curativas.

Este fato constantemente afirmado pela região, se deu início no ano de 1920, quando o então prefeito de campinas afirmou que as águas da sua fazenda na cidade de Valinhos possuía propriedades curativas que auxiliavam em problemas nos rins e demais órgãos.

Boa parte dos turistas que visitam as cachoeiras da região realizam a visita para verificar estes rumores, além disso, as cachoeiras propiciam um ótimo banho em suas águas durante o calor do verão e dias de sol.

2 – Igreja Matriz de São Sebastião

Construída no século XIX, a Igreja Matriz de São Sebastião representa boa parte da cultura da cidade e é uma das estruturas mais antigas da região, no que remonta aspectos do passado de Valinhos.

Originalmente, surgiu através da ideia do padre Manoel Guinaut, no qual realizou a construção seguindo um aspecto de arquitetura mais gótico-romano, que era bem comum na época.

A Igreja Matriz de São Sebastião é um grande marco cultural e histórico da cidade
A Igreja Matriz de São Sebastião é um grande marco cultural e histórico da cidade. Foto: Reprodução

A Igreja possui uma bela fachada, porém, o seu destaque fico em meio ao seu interior no qual é composto por lustres enormes com belas decorações na parede e altar.

É umas das paradas obrigatórias a quem busca o que fazer em Valinhos. Para quem deseja realizar a visita, deve observar o horário de funcionamento da Igreja, no que condiz a disponibilidade de segunda a sexta, das 06h às 18h, aos sábados das 06 as 20h, e aos domingos, das 09 às 10h30.

3 – Centro de Convivência Brasil 500 anos

Um dos lugares mais visitados em Valinhos é o Centro de Convivência Brasil 500 anos, no qual é um dos pontos turísticos mais interessante da cidade e com muitas opções de lazer.

A Praça oferece um belo ambiente para quem deseja praticar alguma atividade aeróbica em meio a natureza através da vegetação local presente no local. No parque você irá encontrar uma Ciclovia, playground destinado a diversão das crianças, é um lugar propicio para tirar um tempo e aproveitar com a família.

Além disso, próximo ao Parque, estão situados diversos estabelecimentos como restaurantes, lanchonetes, bates e lojas.

O nome do parque se dá pelo fato de conter um Obelisco, que registra o marco dos 500 anos de descobrimento do Brasil, no qual presenta uma homenagem a origem do nosso país. É nesta praça que ocorrem boa parte dos eventos culturais e artísticos em Valinhos.

Obelisco 500 anos do descobrimento do Brasil.
Obelisco 500 anos do descobrimento do Brasil. Foto: Reprodução

4 – Sítio Kusakariba

Assim como evidenciado ao início do artigo, destacando o agroturismo da região, você pode conferir o mesmo através de uma visita ao Sitio Kusakariba, lá você poderá conhecer a plantação do fruto que deu ao nome de “capital” da cidade, no que condiz ao Figo Roxo.

Com a visita ao Sítio, você terá acesso a como funciona toda a preparação das frutas que são cultivadas na propriedade até seguirem para a comercialização.

O Sítio remonta boa parte do passado da agricultura de Valinhos e ainda oferece um ótimo café da manhã para quem realiza a visita.

5 – Fonte Sônia

Outra opção que a cidade proporciona de descanso em meio a natureza é através da Fonte Sônia, qual possui aproximadamente 2,5 milhões de metros quadrados de vegetação, com certeza é um lugar que precisa estar em seu roteiro.

O local apresenta um lago no qual é possível realizar o passeio de pedalinho e canoa, além de se divertir em meio aos tobogãs.

Gostou?

E aí, conheceu um pouco mais de Valinhos através da leitura deste artigo? Você já conhece ou visitou a cidade antes? Nos conte a sua experiência!

Em caso de dúvidas sobre o artigo ou o desejo de acrescentar informações sobre o que fazer em Valinhos, deixe seu feedback abaixo.

Para mais dicas de viagem, acesse a página principal do Agora Viagem!

Perguntas frequentes

Qual o melhor período do ano para visitar Valinhos?

Não há um período do ano específico para visitar Valinhos, pelo fato do ser um local baseado no agroturismo, as atrações estão disponíveis durante o ano todo, mas se quiser aproveitar as cachoeiras e os tobogãs da Fonte Sônia, o melhor período é durante o verão.

Quantos dias ficar em Valinhos?

As suas principais atrações podem ser conhecidas em dois dias, um final de semana na cidade já é suficiente para conhecer tudo que a mesma oferece.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *