O que fazer em Moscou: Onde fica e tudo sobre o incrível destino!

Avalie

No artigo de hoje, iremos conhecer um incrível destino, descubra tudo o que você precisa saber sobre o que fazer em Moscou.

Bem-vindo à majestosa capital russa, Moscou, uma metrópole que ecoa a grandiosidade da história, a imponência da arquitetura e a vibrante cultura que permeia suas ruas. Conhecida por seus icônicos pontos turísticos, desde os esplêndidos domos coloridos da Catedral de São Basílio até as imponentes muralhas do Kremlin, Moscou é um fascinante mergulho na rica herança russa.

Este guia abrangente o levará por uma jornada pelos inúmeros encantos desta cidade cosmopolita, destacando desde os espetáculos artísticos do mundialmente famoso Teatro Bolshoi até as animadas feiras de rua que ecoam o espírito acolhedor do povo russo.

Prepare-se para explorar os segredos de Moscou, descobrindo suas joias culturais, deliciando-se com a culinária local e desvendando a essência desta cidade que mistura tradição e modernidade de maneira cativante. Moscou aguarda para cativar seus sentidos e oferecer uma experiência única e inesquecível.

Onde fica Moscou

Moscou, a capital da Rússia, está localizada no oeste do país, na parte europeia. A cidade está às margens do rio Moscou e serve como o centro político, cultural e econômico do país. Sua posição geográfica específica é aproximadamente no centro da Rússia, tornando-a um ponto estratégico no país e uma das cidades mais influentes do mundo.

Praça Vermelha

O que fazer em Moscou
O que fazer em Moscou Foto: Pinterest

A grandiosa Praça Vermelha, situada no coração de Moscou, emerge como um dos mais emblemáticos cartões postais da cidade e uma janela para a rica história russa. Com uma extensão de 23 mil metros quadrados, esta praça majestosa foi palco de grandiosos desfiles militares durante a era da União Soviética e continua a ser um epicentro de eventos culturais e festivais ao longo do ano.

Ao caminhar por seus espaços amplos e imponentes, você será envolvido pela atmosfera vibrante, onde milhares de turistas de distintas nacionalidades convergem para testemunhar a grandiosidade arquitetônica e histórica ao redor. Reserve um dia inteiro para essa visita, pois a Praça Vermelha é cercada por inúmeros pontos turísticos fascinantes. À sua vista, destacam-se o imponente Kremlin, a icônica Catedral de São Basílio com suas cúpulas coloridas, o histórico Museu Histórico do Estado e a elegante GUM, a famosa loja de departamentos.

Explore a riqueza cultural, arquitetônica e histórica que a Praça Vermelha proporciona, mergulhando em uma experiência única que encapsula a essência da capital russa. Seja testemunha dos eventos que ecoam no tempo ou absorva a energia dinâmica dos festivais contemporâneos, a Praça Vermelha continua a ser o coração pulsante de Moscou, cativando todos que têm o privilégio de explorar suas vastas extensões.

Bairro Kitay Gorod

Situado nas proximidades da imponente Praça Vermelha, o Bairro Kitay Gorod é uma recomendação irresistível para os visitantes que desejam vivenciar a animada vida noturna de Moscou. Em meio às ruas e avenidas ladeadas por majestosas edificações, este bairro cativa com uma variedade de excelentes restaurantes, bares, cafés e casas noturnas, transformando a região em um paraíso para os amantes da vida noturna.

A atmosfera superanimada da área é perfeita para passar a noite inteira com amigos, mergulhando na energia contagiante da vida noturna moscovita. No entanto, uma dica essencial é ter cuidado com a vodka, já que ela é uma parte intrínseca da cultura russa. Ao explorar o Bairro Kitay Gorod, os visitantes têm a oportunidade não apenas de desfrutar de uma noite memorável, mas também de absorver a autenticidade cultural e social que permeia esta parte vibrante de Moscou.

Veja Também: Onde passar a lua de mel?

Estação de Metrô Mayakovskaya

Dentro do mundialmente renomado sistema de metrô de Moscou, que se destaca por sua extensão impressionante de mais de 340 quilômetros distribuídos em 12 linhas, cada estação é uma obra-prima arquitetônica. Entre as mais aclamadas tanto pelos moscovitas quanto pelos turistas está a Estação de Metrô Mayakovskaya, uma verdadeira jóia subterrânea.

Inaugurada em 1934 e batizada em homenagem ao poeta russo Vladimir Mayakovsky, a estação ganha destaque pelo seu design único e pelo mosaico deslumbrante no teto, uma criação do renomado artista Alexander Deyneka. Ao descer pelas profundezas da cidade, os passageiros são recebidos por uma verdadeira obra de arte, que transforma a experiência de viagem em uma jornada cultural.

A mensagem para os visitantes que exploram a Estação de Metrô Mayakovskaya é clara: não tenha pressa ao embarcar no metrô. Em vez disso, aprecie cada detalhe da arquitetura e das obras de arte, aguarde tranquilamente pelo próximo trem e permita que a estação revele seus encantos de maneira única. Esta é uma oportunidade de vivenciar a convergência da funcionalidade do transporte público com a expressão artística, tornando cada viagem uma experiência estética e cultural em Moscou.

Kremlin

O magnífico Kremlin figura entre os pontos turísticos mais reconhecidos e imperdíveis da Rússia, ocupando uma posição de destaque em todos os roteiros de viagem. Como sede do governo russo desde 1991, esta fortaleza imponente é um testemunho da grandiosidade arquitetônica e histórica que permeia a capital russa.

As vastas muralhas do Kremlin, com suas 20 torres distintas, abrigam uma coleção impressionante de catedrais e palácios que remontam a diferentes épocas da história russa. Ao percorrer seus cerca de 30 hectares, os visitantes são transportados através dos séculos, explorando não apenas a magnificência da arquitetura, mas também os eventos históricos que moldaram a nação.

Cada torre e construção dentro do Kremlin conta uma história, desde as cúpulas douradas das catedrais até os imponentes palácios que testemunharam a evolução do país. Visitar o Kremlin não é apenas um mergulho na riqueza cultural e histórica da Rússia, mas também uma experiência que revela a imponência e a importância deste complexo monumental. Esteja preparado para se maravilhar com a grandiosidade que o Kremlin oferece, uma jornada inesquecível através dos tesouros históricos e arquitetônicos da Rússia.

Parque Gorki

Em meio ao inverno rigoroso de Moscou, a oportunidade de explorar os deslumbrantes parques urbanos surge como uma alternativa cativante, especialmente se o período da visita coincidir com estações mais amenas. O Parque Gorki, aninhado nas margens do Rio Moscou, representa um oásis verdejante que convida os visitantes a desfrutarem de uma atmosfera natural perfeita para caminhadas serenas, piqueniques descontraídos e brincadeiras ao ar livre que encantam crianças e adultos.

Inaugurado em 1928, o Parque Gorki oferece uma extensa área verde salpicada por quadras de vôlei, um pitoresco lago com pedalinhos, fontes ornamentais e esculturas que pontuam o cenário. A variedade de opções de lazer proporciona uma experiência completa, desde momentos tranquilos junto ao lago até atividades recreativas nas quadras esportivas.

Caso a fome se faça presente e a ideia do piquenique não tenha sido planejada, não há motivo para preocupação. Barraquinhas espalhadas pelo parque oferecem lanches saborosos, proporcionando uma pausa deliciosa durante a exploração do espaço. O Parque Gorki, com sua atmosfera acolhedora e opções de lazer diversificadas, é um destino imperdível para aqueles que desejam vivenciar a harmonia entre a natureza e o entretenimento na movimentada capital russa.

Museu Casa de Tolstói

A residência que abrigou o renomado romancista Leon Tolstói e sua família entre 1882 e 1901 é agora o Museu Casa de Tolstói, uma atração que cativa entusiastas de literatura de todo o mundo. Transformada em museu no início da década de 1920 por iniciativa de Lênin, a casa preserva a essência da vida do autor de “Guerra e Paz”.

Ao adentrar o museu, os visitantes são transportados para o passado, explorando a escrivaninha onde Tolstói deu vida às suas obras-primas, o quarto dos filhos e peças que oferecem indícios sobre a personalidade marcante do autor. Cada canto da casa é um testemunho da vida e da obra do romancista, proporcionando uma experiência imersiva que transcende o tempo.

O Museu Casa de Tolstói não é apenas uma visita aos aposentos de um dos maiores escritores da história, mas também uma oportunidade de mergulhar na atmosfera que influenciou suas criações literárias. Para os amantes da literatura e da história, esta é uma peregrinação inestimável, uma chance de se conectar com o legado literário de Tolstói em um ambiente que preserva sua memória de maneira autêntica e reverente.

Mausoléu de Lênin

O Mausoléu de Lênin, localizado imponentemente na Praça Vermelha, é uma homenagem solene ao líder da Revolução Russa de 1917. Este memorial notável é um espaço escuro com uma estrutura de metal que abriga o corpo embalsamado do revolucionário, falecido em 1924.

Erguido em 1929, o mausoléu tornou-se uma atração turística icônica em Moscou, atraindo visitantes de todo o mundo para prestar homenagem ao líder revolucionário. No entanto, é importante estar ciente de que as filas costumam ser extensas, dada a alta demanda. Recomenda-se chegar cedo e exercitar a paciência, pois o acesso ao mausoléu é um processo que demanda tempo.

Explorar o Mausoléu de Lênin não é apenas uma experiência histórica, mas também uma oportunidade de testemunhar a reverência e o respeito que perduram em relação ao líder revolucionário russo. Seja por sua importância histórica ou pelo significado simbólico que representa, este mausoléu é uma parada essencial para aqueles que desejam compreender a complexa tapeçaria da história russa no coração de Moscou.

Antiga fábrica de chocolate Krasny Oktyab

Conheça O que fazer em Moscou
Conheça O que fazer em Moscou Foto: Pinterest

A antiga fábrica de chocolate Krasny Oktyab, cujo nome se traduz como “Outubro Vermelho”, transcende seu passado industrial para se tornar um vibrante complexo cultural em Moscou. Essa emblemática fábrica, que um dia produziu chocolates, hoje é um ponto de encontro muito frequentado pela juventude moscovita. Dentro de seus galpões, uma transformação notável ocorreu, dando origem a galerias de arte, lojas estilosas, academias de ginástica e até bares e casas noturnas.

A atmosfera efervescente do Krasny Oktyab é agravada pela presença de belos grafites que adornam os muros, elevando a experiência cultural a novas alturas. Este complexo representa uma fusão única de história industrial e modernidade artística, proporcionando aos visitantes a oportunidade de se apaixonar pela expressividade da arte urbana russa.

Explorar a antiga fábrica de chocolate é mais do que uma visita a um local histórico; é uma imersão na vitalidade cultural de Moscou, onde o passado se entrelaça com o presente de maneira extraordinária. Portanto, mergulhe nas cores, formas e energias pulsantes deste centro de cultura, e descubra a riqueza artística e criativa que o Krasny Oktyab oferece à cena contemporânea moscovita.

Bunker 42 (Museu da Guerra Fria)

Instigante e claustrofóbico. Essas são duas características que definem o Bunker 42, um fascinante museu subterrâneo situado a 65 metros abaixo do solo, oferecendo uma experiência imersiva sobre a Guerra Fria.

Construído por ordem de Stálin em 1956, este espaço intrigante é cercado por túneis, corredores e paredes com 2 metros de espessura, concebidos para resistir à entrada de radiação em caso de um eventual ataque nuclear.

Assim, adentrar o Bunker 42 não é apenas uma visita a um museu, mas uma jornada direta para os tempos tensos da Guerra Fria, permitindo que os visitantes tenham uma aula de história em contato direto com os objetos e informações que marcaram esse período crucial.

Este é um convite para explorar os corredores subterrâneos que testemunharam a história, uma experiência única que mergulha nas complexidades e tensões do conflito que moldou o século XX.

E aí, o que achou de conhecer esse incrível destino localizado em Moscou? Se o artigo foi útil para você, me conte nos comentários qual foi sua parte preferida, e se pretende conhecer em algum momento.

Não esqueça de acompanhar o Agora Viagem, para não ficar por fora de nenhuma novidade.

Perguntas Frequentes

Quais são algumas das atrações imperdíveis na Praça Vermelha em Moscou?

A Praça Vermelha é o epicentro de Moscou e abriga a Catedral de São Basílio, o Kremlin, o Mausoléu de Lênin e o GUM, proporcionando uma experiência rica em história, arquitetura e cultura.

Como os visitantes podem aproveitar a vida noturna em Moscou?

Bairros como Kitay Gorod oferecem uma vida noturna animada, com uma variedade de restaurantes, bares, cafés e casas noturnas. É um destino perfeito para desfrutar de uma noite memorável com amigos.

Além das atrações históricas, que experiências culturais contemporâneas podem ser exploradas em Moscou?

Lugares como a antiga fábrica de chocolate Krasny Oktyab, agora um complexo cultural, e o Bunker 42, um museu subterrâneo da Guerra Fria, oferecem experiências culturais únicas que destacam a modernidade artística e a história recente de Moscou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *