O que fazer em Malta: Conheça as melhores opções e tudo sobre o destino!

Avalie

No artigo de hoje, iremos conhecer um incrível destino, descubra tudo o que você precisa saber sobre o que fazer em Malta.

Malta, uma ilha mediterrânea repleta de história, cultura e paisagens deslumbrantes, é um destino que encanta viajantes do mundo inteiro. Localizada no coração do Mar Mediterrâneo, entre a Europa e a África, Malta oferece uma mistura única de influências culturais, desde os templos megalíticos mais antigos do mundo até as cidades fortificadas da época dos Cavaleiros de São João.

Além disso, suas águas cristalinas, praias pitorescas e a hospitalidade calorosa de seu povo tornam Malta um destino imperdível para quem busca uma experiência inesquecível de viagem. Neste texto, vamos explorar as principais atrações e atividades que tornam Malta um destino tão especial, desde seus locais históricos até suas belezas naturais e opções de lazer. Prepare-se para se encantar com tudo o que Malta tem a oferecer!

O que fazer em Malta 2024

O que fazer em Malta
O que fazer em Malta Foto: Pinterest

Malta, localizada entre o sul da Europa e o norte da África, é um destino que vem conquistando cada vez mais brasileiros. Com um clima agradável, praias de água azul turquesa e preços acessíveis em comparação a outros destinos europeus, o arquipélago oferece uma combinação irresistível de atrativos. Entre os destaques de Malta estão seus locais históricos, passeios culturais, algumas das mais belas praias da Europa e uma gastronomia que agrada a todos os paladares.

Neste texto, vamos explorar os principais pontos turísticos do arquipélago, que atraem brasileiros em busca de aventuras e beleza natural. Confira a seguir os passeios mais procurados pelos brasileiros que visitam Malta:

  • Blue Lagoon: Com suas águas cristalinas e areias brancas, a Blue Lagoon é um verdadeiro paraíso para quem busca relaxar e aproveitar o sol do Mediterrâneo. Localizada na ilha de Comino, é um destino imperdível para quem visita Malta.
  • As Três Cidades de Malta: Compostas por Vittoriosa, Cospicua e Senglea, as Três Cidades oferecem uma viagem no tempo, com suas fortificações históricas e charmosas ruas de paralelepípedos. Um passeio ideal para os amantes da história e da arquitetura.
  • Blue Grotto: Esta impressionante formação natural é conhecida por suas cavernas e águas azuis brilhantes. Os passeios de barco ao redor das cavernas oferecem vistas deslumbrantes e a oportunidade de explorar a beleza única da costa de Malta.
  • Cidade Medieval de Mdina: Conhecida como a “cidade silenciosa”, Mdina é uma cidade medieval bem preservada, com ruas estreitas, praças encantadoras e uma atmosfera única. Um passeio por suas muralhas oferece vistas panorâmicas deslumbrantes.
  • Centro Histórico de Valletta: A capital de Malta é uma verdadeira joia histórica, com sua arquitetura barroca, ruas pitorescas e impressionantes fortificações. Visite a Catedral de São João e os Jardins Superiores Barrakka para vistas panorâmicas da cidade.
  • As Mais Belas Praias de Malta: Além da Blue Lagoon, Malta oferece uma variedade de praias deslumbrantes, como Golden Bay, Mellieha Bay e Paradise Bay, todas com águas cristalinas e cenários deslumbrantes.
  • Popeye Village: Construído como cenário para o filme “Popeye”, este vilarejo temático é uma atração divertida para toda a família, com exibições de filmes, passeios de barco e atividades interativas.

Com tantas opções incríveis, Malta é um destino que oferece uma combinação única de história, cultura, natureza e diversão, garantindo uma viagem inesquecível para quem a visita.

Qual é a melhor época para visitar Malta

Malta é um destino que pode ser visitado durante todo o ano, graças à sua média de 300 dias de sol anuais. No entanto, ao considerar qual é o melhor momento para visitar Malta, alguns pontos precisam ser levados em conta.

Os meses de julho e agosto são os mais procurados pelos turistas devido ao calor do verão e às águas convidativas para um mergulho. O clima durante o verão é realmente agradável, mas os pontos turísticos ficam lotados, como é o caso de St. Peter’s Pool. De fato, visitar Malta durante a alta temporada, como em agosto, pode ser uma experiência incrível, mas o calor intenso atrai multidões de turistas, o que significa que tudo fica mais cheio e mais caro.

Se você prefere evitar multidões, é melhor evitar os meses mais quentes do ano. Por outro lado, se você gosta de agitação e quer aproveitar ao máximo as praias e os pontos turísticos movimentados, não hesite em agendar sua viagem para este período.

Entre maio e junho, setembro e outubro, o clima em Malta é ótimo e os preços costumam ser mais acessíveis do que na alta temporada. Portanto, esse período pode ser considerado a melhor época para visitar Malta, pois oferece um clima agradável, menos turistas e preços mais amigáveis, garantindo uma experiência mais tranquila e econômica para os viajantes.

Verão e Inverno

Se a sua viagem para Malta é durante o verão, você pode esperar aproveitar ao máximo as praias e os festivais que animam a região. Com águas em uma temperatura super agradável, o verão é perfeito para mergulhar e relaxar ao sol. Além disso, diversos festivais agitam a cena cultural de Malta durante essa época, como o Festival de Jazz em julho e o Glitch Festival em agosto, oferecendo música ao vivo, dança e entretenimento para todos os gostos.

Já no inverno, os meses de dezembro e janeiro em Malta são conhecidos por suas chuvas, o que torna as praias menos atrativas. Nesse período, é recomendável focar a viagem em passeios a museus e sítios arqueológicos, aproveitando para explorar a rica história e cultura da ilha. Com menos turistas e uma atmosfera mais tranquila, o inverno pode ser uma ótima época para visitar essas atrações sem as multidões típicas do verão.

Veja Também: Conheça os fusos horários dos principais destinos do mundo!

O que fazer em Malta
O que fazer em Malta Foto: Pinterest

Como se locomover em Malta?

Locomover-se para explorar os passeios imperdíveis em Malta é bastante tranquilo, pois a ilha oferece diversas opções de transporte. Você pode alugar um carro, usar o transporte público, como ônibus, táxis ou optar por outras alternativas disponíveis.

Em minhas viagens, sempre prefiro alugar um carro, pois isso oferece mais liberdade de locomoção. Costumo fazer a locação pelo RentCars, um site que compara os preços das principais locadoras de maneira simples e rápida, e permite o pagamento com cartão de crédito.

Se você não se sente confortável em dirigir em outro país ou está buscando opções mais econômicas de transporte, saiba que o sistema de transporte público em Malta é bastante eficiente. Você pode chegar à maioria dos lugares de ônibus, e a passagem é acessível, custando apenas 2 euros e permitindo baldeações dentro de um período de 2 horas. O único ponto negativo é que isso pode implicar em caminhadas adicionais dos pontos de ônibus até as atrações turísticas.

Blue Lagoon

A Blue Lagoon, localizada na Ilha de Comino, é um dos destinos mais icônicos de Malta. Todos os dias, barcos partem das vizinhas Malta e Gozo levando turistas ansiosos para desfrutar das águas azul-turquesa desta praia paradisíaca.

Conhecida por sua beleza natural deslumbrante, a Blue Lagoon oferece uma boa estrutura, com banheiros, restaurantes, bares e aluguel de guarda-sol. Além disso, os visitantes têm a oportunidade de praticar parasail ou dar uma volta de stand-up paddle nas águas cristalinas.

Devido à sua fama, a Blue Lagoon costuma ficar bastante movimentada durante a alta temporada. Por isso, é recomendável chegar cedo para garantir um lugar com guarda-sol. Outra opção é caminhar para áreas menos lotadas, onde é possível encontrar locais igualmente belos para mergulhar com mais tranquilidade.

St. Peter’s Pool

St. Peter’s Pool é um dos mais belos e imperdíveis pontos turísticos de Malta! Esta pequena baía em forma de ferradura possui águas cristalinas e é um destino obrigatório para quem visita o país no verão.

Nesta piscina natural cercada por falésias de calcário, é impossível resistir ao desafio de pular das rochas e mergulhar em suas águas refrescantes. Durante minha visita, até um cachorrinho se aventurou em um mergulho revigorante, acompanhando seu dono!

Localizada a apenas 10 minutos de carro da pitoresca vila de pescadores de Marsaxlokk, St. Peter’s Pool oferece não apenas beleza natural, mas também charmosos restaurantes e mercados de peixe que valem a visita.

É importante saber que esta atração não cobra nenhuma taxa de entrada e oferece estacionamento gratuito nas proximidades. No entanto, dependendo da época do ano em que você visitar, pode ser que não seja possível entrar na água devido às ondas e à forte correnteza. Por isso, é sempre bom verificar as condições antes de planejar sua visita.

As três cidades de Malta

Para os amantes do turismo cultural, um dos passeios imperdíveis em Malta é uma excursão pelas três cidades históricas de Senglea, Birgu e Cospicua. Estas cidades fortificadas desempenharam um papel estratégico na defesa de Malta durante as frequentes guerras que ocorriam na região no passado.

Senglea, Vittoriosa e Cospicua.

As cidades são acessíveis por barco, e o bilhete até Birgu custa 2,80 euros, incluindo a visita às demais cidades. Além de apreciar uma bela vista de Valletta, você pode incluir no seu roteiro os seguintes pontos turísticos:

  • O Forte de São Angelo: Uma fortaleza histórica que desempenhou um papel crucial na defesa de Malta ao longo dos séculos. Oferece vistas panorâmicas da região e uma fascinante história militar.
  • O Palácio do Inquisidor: Um edifício histórico que abriga uma coleção de artefatos e exposições relacionadas à história da Inquisição em Malta. É uma oportunidade única para entender esse período da história maltesa.
  • O Museu Marítimo de Malta: Um museu dedicado à história marítima de Malta, com exposições que destacam a importância do mar na cultura e na economia do país ao longo dos séculos.
  • Os Jardins Gardjola: Localizados em Senglea, oferecem vistas deslumbrantes do Grand Harbour e são um ótimo local para relaxar e apreciar a paisagem.

Explorar as três cidades de Malta é uma experiência única, que permite mergulhar na rica história e na cultura fascinante deste país mediterrâneo.

Veja Também: O que precisa ter em um Checklist de viagem?

Gruta Azul

Localizada a apenas 2 km da cidade de Zurrieq, a Gruta Azul é um ponto de observação fantástico em Malta! A tonalidade azul das águas cristalinas é ainda mais realçada pelas impressionantes rochas brancas ao redor, criando um cenário de tirar o fôlego.

Você pode admirar a gruta de uma plataforma na estrada ou optar por passeios de barco que levam você bem próximo às formações rochosas. É importante saber que o melhor horário para apreciar a beleza única deste local é pela manhã. Nesse momento, o sol brilha diretamente na gruta, criando reflexos incríveis e proporcionando um espetáculo de cores perfeito para fotos inesquecíveis.

Recomendo incluir um day tour para conhecer a Gruta Azul, além de uma visita ao Mercado Dominical, onde você pode garantir souvenirs e produtos locais frescos. Essa combinação oferece uma experiência completa, permitindo que você mergulhe na beleza natural e na cultura vibrante de Malta.

Cidade Medieval de Mdina

Conheça O que fazer em Malta
Conheça O que fazer em Malta Foto: Pinterest

Mdina, conhecida como a Cidade Medieval de Malta, foi a capital do país durante o período medieval e hoje é um dos destinos favoritos dos turistas que desejam explorar a rica história de Malta.

Localizada fora da rota turística tradicional, Mdina oferece uma atmosfera encantadora e uma verdadeira viagem no tempo. Dentro de suas muralhas, você encontrará a impressionante Catedral de São Paulo, o majestoso Palácio de Vilhena, o fascinante Palazzo Falson, e muitos outros pontos turísticos que revelam a história e a cultura da cidade.

Não deixe de visitar o jardim que ocupa o antigo fosso da cidade! De lá, você poderá desfrutar de uma vista deslumbrante das muralhas e da paisagem circundante. Se preferir, há excursões guiadas de um dia que oferecem uma experiência completa, com guias atenciosos que compartilham histórias fascinantes sobre Mdina e seus pontos de interesse. Essa é uma maneira excelente de aproveitar ao máximo sua visita a esta cidade histórica e encantadora de Malta.

E aí, o que achou de conhecer esse incrível destino localizado em Malta? Se o artigo foi útil para você, me conte nos comentários qual foi sua parte preferida, e se pretende conhecer em algum momento.

Não esqueça de acompanhar o Agora Viagem, para não ficar por fora de nenhuma novidade.

Perguntas Frequentes

Quais são as principais praias de Malta?

Malta é conhecida por suas belas praias, como a Blue Lagoon, Golden Bay, Mellieha Bay e Ghajn Tuffieha Bay, que oferecem águas cristalinas e paisagens deslumbrantes.

Quais são os principais pontos turísticos históricos de Malta?

Malta possui uma rica história e é lar de pontos turísticos históricos impressionantes, como a Cidade Medieval de Mdina, as Três Cidades (Senglea, Birgu e Cospicua), a Gruta Azul e os templos megalíticos de Tarxien e Ħaġar Qim.

Quais atividades culturais são populares em Malta?

Malta oferece uma variedade de atividades culturais, incluindo festivais locais, como o Festival de Jazz, o Glitch Festival e o Mercado Dominical. Além disso, a ilha abriga museus, como o Museu Marítimo de Malta e o Museu Nacional de Arqueologia, que destacam a rica herança cultural do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *