Esquel: Onde fica, o que fazer e tudo sobre o incrível destino!

Avalie

No artigo de hoje, iremos conhecer um incrível destino, descubra tudo o que você precisa saber sobre Esquel.

Esquel, localizada na província de Chubut, na Patagônia Argentina, é uma cidade que encanta pela sua beleza natural intocada e pela atmosfera acolhedora que conquista todos os visitantes. Rodeada por paisagens deslumbrantes, que vão desde montanhas majestosas até lagos cristalinos, Esquel é um destino que cativa não apenas os amantes da natureza e dos esportes ao ar livre, mas também aqueles que buscam uma experiência autêntica em meio à cultura e tradições patagônicas. Com uma história rica e uma oferta diversificada de atividades, desde a prática de esportes de aventura até a degustação da deliciosa culinária local, Esquel promete uma viagem inesquecível, repleta de descobertas e momentos memoráveis.

O que fazer em Esquel

Cidade de Esquel
Cidade de Esquel Foto: Pinterest

Montar uma lista com o que fazer em Esquel é uma tarefa que revela a diversidade e a riqueza deste destino na Patagônia Argentina. Situada na divisa com o Chile, esta encantadora cidade é um verdadeiro paraíso para os amantes da natureza e dos esportes ao ar livre, com uma paisagem deslumbrante de picos nevados e cenários que parecem saídos de um quadro.

A natureza exuberante da Patagônia se revela em toda a sua grandiosidade em Esquel, oferecendo uma biodiversidade única e paisagens naturais que inspiram contemplação. Independentemente da época do ano, os turistas encontram uma infinidade de atividades para explorar e desfrutar em Esquel.

No inverno, a cidade se transforma em um destino imperdível para a prática de snowboard e esqui, com pistas desafiadoras e paisagens de tirar o fôlego. Já no verão, os esportes de aventura tomam conta da cena, com opções como rapel, rafting, trekking e mountain bike, que exploram as belezas naturais da região em trilhas e rios emocionantes.

Para quem prefere atividades mais tranquilas, Esquel oferece uma variedade de opções, desde a degustação da deliciosa gastronomia patagônica em excelentes restaurantes até o relaxamento em hotéis e pousadas aconchegantes. Os pratos típicos, como o cordeiro patagônico e os frutos do mar frescos, são uma verdadeira festa para o paladar.

Se você está sonhando com essa experiência única, este é o momento certo para embarcar nessa aventura. Preparamos um guia completo com tudo o que você precisa saber sobre Esquel: como chegar, quando visitar, o que fazer, onde comer e muito mais. Venha descobrir todos os encantos dessa joia da Patagônia Argentina!

Veja Também: O que precisa ter em um Checklist de viagem?

Onde fica

Localizada na região da Patagônia, no extremo sul da América do Sul, a cidade de Esquel, na Argentina, é um destino encantador que convida os viajantes a explorar suas belezas naturais e culturais. Situada na província de Chubut, Esquel é uma das paradas imperdíveis no roteiro patagônico, que inclui a famosa Ruta 40 argentina e a Carretera Austral chilena.

Com uma população de pouco mais de 30 mil habitantes, Esquel é uma pequena cidade que oferece uma atmosfera acolhedora e autêntica. Além disso, sua localização estratégica a mais de 2.000 km da capital, Buenos Aires, a torna uma excelente base para explorar a região. A cidade é conhecida por ser ponto de partida para a estação de esqui do Cerro La Hoya, o Parque Nacional Los Alerces e outras atrações da área.

A proximidade de Esquel com outros destinos turísticos também é um ponto forte. A cidade fica a apenas 284 km de Bariloche, outra joia da Patagônia argentina, e a 226 km de Chaitén, na região dos Lagos Chilenos, facilitando o acesso a uma variedade de paisagens e experiências únicas.

Para chegar a Esquel, os viajantes têm algumas opções. A maneira mais rápida é voar até Buenos Aires e de lá pegar um voo regional para o pequeno Aeroporto de Esquel. Outra opção é realizar uma roadtrip pela Patagônia pela Ruta 40, que oferece vistas deslumbrantes e uma experiência de viagem única, ideal para quem tem tempo disponível e aprecia paisagens incríveis. Além disso, várias empresas de ônibus operam trechos até Esquel a partir de diversos destinos na Argentina, oferecendo uma opção conveniente para quem prefere viajar de ônibus.

Cerro La Hoya

A principal atração da charmosa cidade de Esquel, na Argentina, é o Cerro La Hoya, uma estação de esqui que encanta os amantes dos esportes de inverno. Localizada a apenas 20 minutos do centro da cidade, esta montanha está situada próxima à majestosa Cordilheira dos Andes, o que garante a chegada de grandes quantidades de neve e a prolonga a temporada de esqui até meados de outubro.

Diferentemente da famosa Bariloche, o centro de esqui de Esquel é menos conhecido e, por isso, costuma ser menos lotado, oferecendo uma experiência mais tranquila e autêntica aos visitantes. Além disso, os preços também costumam ser mais acessíveis, tornando o Cerro La Hoya uma opção atrativa para quem busca aproveitar a neve e as pistas sem gastar muito.

Com uma altitude de mais de 1.650 metros, o Cerro La Hoya ocupa uma área de 60 hectares e oferece 24 pistas em diferentes níveis de dificuldade, adequadas para esquiadores e snowboarders de todos os níveis. Além disso, a estação conta com teleféricos e lifts que levam os visitantes aos pontos mais elevados, proporcionando vistas deslumbrantes da paisagem nevada da região.

Com sua combinação de neve abundante, pistas diversificadas e atmosfera acolhedora, o Cerro La Hoya é o destino ideal para quem busca aventuras emocionantes ou simplesmente deseja desfrutar da beleza dos esportes de inverno em um cenário deslumbrante na Patagônia argentina.

Parque Nacional Los Alerces

O Parque Nacional Los Alerces é uma das jóias naturais mais preciosas da Patagônia e um destino imperdível para quem visita Esquel. Localizado em uma área de mais de 260 mil hectares, na fronteira entre o Chile e a Argentina, este parque é uma verdadeira obra-prima da natureza, repleto de paisagens deslumbrantes e biodiversidade única.

Ao explorar o Parque Nacional Los Alerces, os visitantes têm a oportunidade de se maravilhar com montanhas imponentes, lagos de águas cristalinas e uma variedade impressionante de flora e fauna. Destacam-se as árvores de alerce, algumas com mais de 2.600 anos de idade, que conferem ao parque uma atmosfera de grandeza e mistério. Além disso, o parque abriga aldeias da comunidade indígena mapuche, proporcionando uma experiência cultural enriquecedora aos visitantes.

O parque é atravessado por dezenas de quilômetros de trilhas ecológicas, que oferecem diferentes graus de dificuldade. Todas as trilhas são muito bem sinalizadas e conservadas, garantindo uma experiência segura e gratificante para os amantes do trekking e da natureza. Recomenda-se reservar pelo menos um dia inteiro para explorar o parque, mas mesmo assim pode ser que você não consiga visitar todas as suas maravilhas em uma única visita.

Lindas flores em Esquel
Lindas flores em Esquel Foto: Pinterest

Para os amantes da fotografia, o Parque Nacional Los Alerces é um verdadeiro paraíso. Com paisagens deslumbrantes em todas as direções, você vai querer capturar cada momento e cada cenário paradisíaco que encontrar pelo caminho. Não se esqueça de levar vários cartões de memória para sua máquina fotográfica, pois as oportunidades de fotos incríveis serão muitas!

É recomendável visitar o parque durante os meses mais quentes do ano, pois no inverno a neve constante pode dificultar as trilhas e limitar algumas áreas de acesso. Durante o verão, você terá a chance de desfrutar plenamente da beleza e da diversidade do Parque Nacional Los Alerces, vivenciando uma experiência inesquecível em meio à natureza intocada da Patagônia.

Trevellin

Para os viajantes que desejam explorar além de Esquel, uma visita à charmosa Trevellin é uma escolha imperdível. Esta cidade vizinha é conhecida por suas deslumbrantes plantações de tulipas, que embelezam o horizonte com uma explosão de cores contrastando com as montanhas nevadas ao fundo.

Trevellin oferece uma atmosfera tranquila e encantadora, perfeita para um passeio relaxante. Uma das atrações mais populares são as casas de chá no estilo britânico, onde os visitantes podem desfrutar de delícias locais, como bolos, pães e biscoitos, acompanhados de uma boa xícara de chá.

O museu Nant Fach é uma parada obrigatória para quem deseja conhecer mais sobre a história local e os imigrantes do País de Gales que se estabeleceram na região durante o século XIX. O museu oferece uma visão fascinante da vida e cultura desses pioneiros, com exposições que retratam o cotidiano e as tradições da época.

Durante o verão, os visitantes podem aproveitar para conhecer o Nant Y Fall, ou Riacho das Cachoeiras, um local encantador com várias cascatas que proporcionam um refresco nas temperaturas mais elevadas. É o cenário perfeito para um passeio relaxante em meio à natureza exuberante da região.

Laguna La Zeta

Continuando o roteiro por Esquel, um destino imperdível para os amantes da natureza é a Laguna La Zeta, localizada a apenas 4 km do centro da cidade. Esta bela lagoa é um local popular tanto entre os moradores locais quanto entre os turistas, oferecendo um refúgio tranquilo e deslumbrante.

A Laguna La Zeta é cercada por picos nevados e vastas áreas abertas, criando um cenário impressionante que convida a momentos de contemplação e relaxamento. É o lugar ideal para desfrutar de agradáveis piqueniques em meio à natureza intocada, aproveitando a paz e a serenidade do ambiente.

Durante o verão, a Laguna La Zeta se transforma em um grande balneário, atraindo visitantes que buscam se refrescar nas suas águas cristalinas. É um local popular para banhos e para a prática de esportes náuticos, como canoagem e caiaque, oferecendo uma experiência única em meio à natureza exuberante da região.

Para chegar à Laguna La Zeta, você pode pegar um táxi do centro da cidade, que custa cerca de 300 pesos (preço em junho de 2021). Outra opção é fazer uma caminhada agradável pelos bosques que cercam a cidade, desfrutando da beleza natural e do ar fresco da Patagônia enquanto se dirige ao seu destino. Independentemente do meio escolhido, uma visita à Laguna La Zeta promete ser um momento de paz e beleza em meio à natureza selvagem da região de Esquel.

Veja Também: Melhores viagens para casais

Túneis de gelo

No topo da lista do que fazer em Esquel, na Argentina, está uma experiência única e rara: a visita aos túneis de gelo da cidade. Este fenômeno impressionante é uma verdadeira obra-prima da natureza, que só pode ser testemunhada em poucos lugares do mundo.

Para chegar até os túneis de gelo, os visitantes precisam enfrentar um terreno acidentado, geralmente percorrido a bordo de um veículo 4×4, acompanhados por um guia turístico especializado. A jornada até os túneis é uma aventura por si só, proporcionando vistas deslumbrantes da paisagem patagônica e uma sensação de exploração e descoberta.

Ao chegar ao local, os visitantes são recebidos por belos túneis de gelo maciço, que se estendem por até 100 metros de comprimento. A altura dos túneis é suficiente para abrigar adultos em pé, permitindo que os exploradores se maravilhem com a imponência e a beleza única dessas formações de gelo.

Cada túnel de gelo é uma obra de arte natural, esculpida ao longo de milênios pela ação do gelo e da água. Suas formas e texturas criam um ambiente mágico e surreal, proporcionando uma experiência que ficará gravada na memória dos visitantes para sempre.

Conheça Esquel
Conheça Esquel Foto: Pinterest

La Trochita

Embarque em uma viagem única pela paisagem deslumbrante da Patagônia a bordo de uma locomotiva que está em atividade há mais de sete décadas. Esta é a experiência que aguarda os visitantes na charmosa La Trochita, uma das atrações mais emblemáticas de Esquel, na Argentina.

A rota turística de La Trochita percorre 18 km de paisagens deslumbrantes até chegar à Estação Nahuel Pan, onde os viajantes têm a oportunidade de conhecer uma tradicional comunidade mapuche. Durante a parada, os visitantes podem mergulhar na rica cultura dos povos indígenas da região, aprendendo sobre suas tradições, costumes e estilo de vida.

Uma das experiências mais memoráveis da visita a La Trochita é a oportunidade de adquirir peças de artesanato produzidas pelos próprios indígenas. Entre os itens disponíveis estão obras de arte em prata, trabalhos em madeira e vestuário tradicional, oferecendo aos visitantes a chance de levar para casa lembranças autênticas e únicas desta viagem no tempo pela Patagônia.

E aí, o que achou de conhecer esse incrível destino localizado na Patagônia? Se o artigo foi útil para você, me conte nos comentários qual foi sua parte preferida, e se pretende conhecer em algum momento.

Não esqueça de acompanhar o Agora Viagem, para não ficar por fora de nenhuma novidade.

Perguntas Frequentes

Onde está localizada Esquel e por que é um destino popular na Argentina?

Esquel está localizada na região da Patagônia, no sul da Argentina. É um destino popular devido à sua proximidade com paisagens deslumbrantes, como o Parque Nacional Los Alerces e o Cerro La Hoya, que oferecem oportunidades para atividades ao ar livre e ecoturismo.

Quais são as principais atrações turísticas de Esquel?

Algumas das principais atrações de Esquel incluem o Parque Nacional Los Alerces, conhecido por sua beleza natural e lagos cristalinos; o Cerro La Hoya, uma estação de esqui popular no inverno; La Trochita, uma locomotiva histórica que oferece passeios turísticos; e a Laguna La Zeta, um local deslumbrante para piqueniques e atividades ao ar livre.

Quais são as atividades populares para os visitantes em Esquel?

Em Esquel, os visitantes podem desfrutar de atividades como esqui e snowboard no Cerro La Hoya durante o inverno, além de caminhadas, trilhas e passeios de barco nos lagos do Parque Nacional Los Alerces. Também há oportunidades para explorar a cultura local, incluindo visitas a comunidades mapuches e aquisição de artesanato tradicional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *