Viajar com crianças: 5 dicas para evitar problemas

A pandemia do novo coronavírus não permite que possamos nem viajar para o exterior e nem para o próprio Brasil. Afinal de contas, o trânsito regular entre pessoas pode levar uma variante do vírus de um local para o outro, além de complicar a situação de cidades que estavam relativamente controladas. No entanto, a expectativa é que, em breve, a situação esteja controlada e seja possível voltar a viajar de férias. Nessa hora, será importante conhecer dicas para evitar problemas ao viajar com crianças.

Afinal de contas, não dá para negar que as crianças representam um desafio na hora de viajar. Elas podem sofrer com o meio de transporte, com a ausência de televisão ou video-game, com a falta de interesse em certos passeios ou certos pontos turísticos. Isso sem falar nas reações alérgicas, dificuldade para comer qualquer coisa e por aí vai. No entanto, nada disso é motivo para se desesperar ou cancelar os planos. Basta saber como organizar tudo para poder curtir a viagem em paz.

Quer ver algumas dicas para evitar problemas ao viajar com crianças? Então siga a leitura abaixo!

5 dicas para evitar problemas ao viajar com crianças

Viajar com crianças
Foto: Pixabay

1. Certifique-se de o carro está apropriado para crianças

Confira as regulamentações sobre cadeirinha e cinto de segurança para viajar com crianças, já que elas não podem viajar no assento comum do carro. Isso porque, durante um acidente, o cinto de segurança não tem altura o suficiente para impedir que crianças sejam lançadas para fora do banco.

Certifique-se também que a cadeirinha esteja bem colocada, e seja um modelo de acordo à idade do pequeno passageiro. Além de ser perigoso não usar o modelo apropriado, este erro pode render uma multa de quase 300 reais.

2. Tenha sempre roupas extras

Se você for viajar com seu cônjuge apenas, provavelmente precisará de uma muda de roupa para cada dia de viagem ou até mesmo. No entanto, se for viajar com crianças, precisará de muito mais do que isso. Afinal de contas, elas estão sempre no chão, rolando na grama e se sujando em todas as oportunidades e, francamente, muitas vezes de formas que nem pensamos ser possíveis.

Por isso, é bom carregar com você um conjunto infantil extra, uma camisetinha sobrando ou outro tipo de peças de roupas para que eles possam se trocar caso uma situação do tipo aconteça. Além disso, vale a pena procurar por lavanderias no seu destino para lavar a roupa rapidamente caso necessário. Ainda que isso custe algum dinheiro, facilitará bastante a sua vida.

3.  Prepare lanches para a viagem

Crianças sentem mais fome do que adultos, e não sabem comunicar essa necessidade corretamente. Viajar com crianças é estar no lugar mais inusitado e ouvir ‘Estou com fome’. E quando ouvir esta mensagem, não se engane: ela já estava com fome há muito tempo, mas não sabia como informar.

Para impedir uma situação dessas, prepare kits de comida como lanches de pão de forma, e frutas fáceis de consumir e nutritivas, como maçãs e bananas. Para beber, evite suco de caixinha, já que contém muito açúcar e poucos nutrientes. Prepare sucos de laranja ou tangerina, que são energéticos e não amargam com o tempo, além de matarem a sede. Não abra mão de carregar uma garrafinha d’água mesmo levando o suco.

4. Mapeie os banheiros da região

Pode parecer esquisito, mas saber se há banheiros nas proximidades de onde for visitar irá salvar a família de situações constrangedoras. Crianças são impulsivas e ainda estão aprendendo a lidar com suas necessidades, por esse motivo, quando sentem vontade de ir ao banheiro, é porque já não vão conseguir segurar.

Não deixe para a última hora para descobrir que não há banheiros aonde vocês se encontram. Busque saber com antecedência sobre locais de visitação, e se na estrada, procure no Google Maps quantos postos de gasolina existem no trajeto para já planejar as paradas estratégicas.

5. Crianças se cansam rapidamente

Tudo é novidade para crianças, e por mais que elas tenham picos de energia, todas essas informações novas as cansam mais rápido. Quando viajar com crianças, planeje passeios curtos e pausas mais longas. Tire um momento para descansar após o almoço e interrompa o itinerário após o jantar para que elas possam se recuperar.

Não passe muitas horas no carro pois, apesar do embalo fazê-las dormir mais rapidamente, o mau jeito da soneca na cadeirinha pode causar dores musculares.

Prontinho! Essas são as principais dicas para evitar problemas ao viajar com crianças. Coloque-as em prática sempre que possível e você conseguirá ter aquela viagem de descanso e paz que sempre quis. No entanto, lembre-se de que imprevistos acontecem e que crianças são crianças. Por isso, não se estresse em demasia com elas para não desenvolver traumas e outros problemas do tipo.

Gostou do conteúdo? Então envie-o para seu cônjuge para que, juntos, possam começar a planejar a primeira viagem pós-Covid! E não se esqueça de deixar o seu comentário aqui no Agora Viagem relatando as suas experiências.

Avalie