Intercâmbio: dicas para aprender Inglês para viagens

O intercâmbio é, definitivamente, uma oportunidade ímpar de aprendizado. Os ganhos, com a prática, permeiam profissão e, mesmo, vida de quem possui disposição e força de vontade.

Conhecer um outro país, um novo povo é, sem dúvida alguma, algo maravilhoso. Mas nada empata a possibilidade de aprender um novo idioma bebendo diretamente de sua fonte.

Hoje, conversaremos a respeito do intercâmbio e de quão excelente é para o aprendizado de Inglês. Antes e durante a viagem, preparar-se é a melhor alternativa.

aprender ingles viagem

Vamos juntos?

É perfeitamente possível aprender Inglês com o intercâmbio

O processo de aprendizado de um idioma pode ocorrer de duas maneiras:

  • Naturalmente: como acontece com as crianças nativas de um país;
  • De modo guiado e intencional: quando como decidimos estudar e aprender um idioma.

Falando de intercâmbio, podemos explorar ambos os meios de forma imediata. Temos como estudar a Gramática e suas normas e, também, praticar com pessoas que a utilizam diariamente.

Justamente por isso é tão comum tratar-se o intercâmbio como definitivo. Pois é possível aprender Inglês antes e durante a viagem sem grandes esforços, de modo natural.

E acredite: praticar o Inglês utilizando-o no dia a dia é um método excelente de compreensão e memorização.

Apenas entenda que prática sem estudos pode ser vazia. Eis a razão de dedicarmos parte da matéria à preparação, anterior à viagem.

Dicas incríveis para aprender Inglês antes e durante a viagem de intercâmbio

Falaremos, primeiro, a respeito de como se preparar para a viagem. Por isso, focaremos em tudo que nos ajudará antes de iniciarmos o intercâmbio na prática. Tudo bem?

A seguir, as dicas serão diretamente apontadas ao aproveitamento da interação com os nativos do idioma.

Acompanhe-me.

Servindo-se dos aplicativos para aprender Inglês

Hoje em dia, é possível estudar valendo-se de aplicativos para aprender Inglês. Gratuitos ou com mensalidades bem baratas, eles serão a mão que falta na roda de seu aprendizado.

Na lista que indicamos, há aplicativos de toda sorte. A maioria conta com funções totalmente grátis que ajudam a aumentar o vocabulário e memorizar palavras com qualidade.

Mesmo dentre aqueles pagos, há uma série de ferramentas de experimentação. Se gostar, aí sim você contrata.

Os aplicativos para aprender Inglês são determinantes antes do intercâmbio. Eles garantem que você melhore a compreensão do idioma enquanto ensinam expressões corriqueiras.

intercambio-dicas

Com eles, mesmo antes de embarcar, você já estará mais apto a se comunicar com qualidade. E não duvide: dominar um idioma repousa fundamentalmente em entender e ser entendido.

Praticando com ajuda da Arte em sua própria casa

Músicas, filmes e séries em Inglês são presentes que a globalização nos dá para aprendermos a língua. Com plataformas como Netflix e Spotify, pouco ou nenhum investimento abrem esta porta.

E a dica é simples: basta começar a inserir o Inglês em sua vida mesmo na diversão. Cantar, por exemplo, favorece a memória mecânica, aprimorando nossa dicção adequada.

Os filmes e séries, por sua vez, servem para aguçarmos nossa audição. Especialmente quando lidamos com sotaques específicos dos lugares em que faremos nosso intercâmbio.

Agora, pensemos em dicas de aproveitamento quando já tivermos começado nosso intercâmbio. Elas servirão para internalizarmos melhor nossa experiência com os nativos.

Já durante o intercâmbio: permitindo-se perguntar

Um bloqueio muito comum, ao falarmos outro idioma, é a vergonha. E ela se manifesta menos quando estamos fazendo intercâmbio.

Ocorre, contudo, que a vergonha coloca-se como uma trave: ela atrapalha nosso desenvolvimento sem nos entregar nada em troca.

Por isso, durante o intercâmbio, numa situação em que não entenda algo, faça o simples: pergunte.

Se não conhece uma palavra, pergunte. Se não entendeu uma expressão, pergunte. Se não compreendeu com precisão um sotaque, pergunte.

Pode apostar: sua curiosidade não apenas resolverá o problema do agora. Ela mostrará, aos nativos do idioma, que você quer verdadeiramente aprender. E o intercâmbio existe para isso!

Esforce-se sempre, porém nunca prescinda de ajuda

Seu esforço será o fator determinante da qualidade de seu intercâmbio. Porém você não precisa estar sozinho nesta empresa.

Com um celular e acesso à internet, qualquer grave dificuldade pode ser superada sem sustos. Os mesmos aplicativos para aprender Inglês, que você usou antes da viagem, servirão agora.

Alternativas como dicionários digitais ou mesmo o Google Translate farão grande diferença em seu trato frente a frente com os falantes nativos do Inglês.

Ao lidar com algo que não compreender, arrisque-se. Apresente o aplicativo, toque a voz robótica e faça-se entender.

Mais tarde, com calma, você analisa o que faltou ou sobrou. Reconhecendo suas deficiências, o aprendizado se torna mais profundo, enraizado e, com isso, vale para a vida toda.

Com esse pack de dicas, tenho certeza que seu intercâmbio será muito mais que uma experiência de vida. Ele será o motor de muitas mudanças nela.

Avalie