Inicial > Destinos > Viagem para América do Sul: RG ou Passaporte?

Viagem para América do Sul: RG ou Passaporte?

RG x Passaporte

Está pensando em viajar estilo mochileiro pela América do Sul? Quem deseja conhecer alguns dos países vizinhos e ainda está na fase de planejamento, deve estar se perguntando – Quais documentos preciso levar? O RG é suficiente ou tenho que fazer o Passaporte?

Bem, vou ser direta. Para evitar transtornos, leve os dois!

RG ou Passaporte: Entenda mais sobre essa dúvida

Nessa fase de pesquisa você vai encontrar em diversos sites que não é necessário levar o Passaporte, devido aos acordos do Mercosul. Pois, abordam que é possível fazer turismo entre os países participantes apenas com o documento de identidade, no caso do Brasil – o RG.

Fazem parte do acordo do Mercosul: Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Uruguai e Venezuela.

No entanto, esse acordo apresenta alguns critérios bem específicos e, é aí que mora o perigo. No caso de você optar por levar apenas o RG, ele precisa estar em ótimo estado e a foto não pode ser muito antiga, pois será necessário que você esteja reconhecível. Assim, se você pintou o cabelo ou mudou muito com o passar do tempo, é bom fazer uma segunda via, ou providenciar o Passaporte.

Alguns turistas relatam, que em alguns países ou fronteiras não são aceitas as carteiras com mais de 10 anos de emissão. Então mais um motivo para se prevenir.

O grande problema desse acordo entre os países da América do Sul é que ele deveria beneficiar o turismo e diminuir a burocracia em viagens entre os países parceiros, mas acaba que qualquer autoridade a quem você precise apresentar o seu documento de identificação, pode simplesmente resolver “encrencar” e declarar que o seu RG não é válido. Isso pode acontecer no embarque, durante o check-in ou em qualquer fronteira, caso faça a viagem de carro.

Então, para evitar problemas reais ou criados por pessoas de má fé, retire seu passaporte. Ainda nesses casos o ideal é mantê-lo sempre em dia. Ele é uma segurança. Não há o que se questionar a respeito de um passaporte em dia. Além do mais, os carimbos ainda vão garantir mais tranquilidade na hora de passar pela imigração europeia, quando você decidir fazer outros roteiros ou até mesmo na hora de pedir o visto norte americano.

É importante salientar que países como o Uruguai não aceitam carteira de motorista no lugar do RG.

Sendo assim, caso você não tenha Passaporte ainda, sua viagem já está marcada e você não tem intenção de entrar nas Guianas, pode embarcar com o seu RG em mãos, desde que ele esteja em bom estado e sua foto seja bem legível. Mas para viagens futuras e tranquilas, vale a pena investir no Passaporte.